segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

O que nunca dirão em uma clínica de aborto


O ABORTO PODE PREJUDICAR SUA SAÚDE.
Muitas pessoas acreditam que abortar é tão fácil como extrair um dente. Muito pelo contrário, o aborto é um procedimento muitíssimo delicado, que pode ter graves conseqüências. O pessoal encarregado desta prática insiste em minimizar as complicações ou simplesmente afirmar que não existem. Isto não é verdade. O fato é que muitas mulheres têm sofrido danos físicos em conseqüência de abortos provocados “legalmente’.
O músculo cervical pode sofrer dano, pois o colo do útero (cérvix) é forçosamente dilatado. Isto significa que numa gravidez futura há grande possibilidade de se perder o bebê por aborto espontâneo ou parto prematuro. O dano ocasionado nas paredes uterinas é outra preocupação. Perfurações do útero, infecções, hemorragias e coágulos de sangue são apenas algumas das complicações que você poderá sofrer em um aborto provocado. Ainda que você possa sair aparentemente “bem” de um aborto provocado, no futuro poderá apresentar problemas de esterilidade, gravidez fora do útero ou freqüentes abortos espontâneos.
Algumas mulheres só engravidam uma vez na vida. Quem sabe seja este o único bebê que você poderia ter! Um aborto aumenta a possibilidade de não tornar a engravidar quando desejar ter um filho. Você quer mesmo correr este risco?
O ABORTO DEIXA CICATRIZES EMOCIONAIS.
É muito comum que uma mulher sofra as conseqüências de sua decisão poucos dias depois de ter abortado. Se estas conseqüências não aparecem imediatamente, virão com o tempo. Os problemas emocionais se manifestam de várias formas: uma depressão inexplicável, seu afastamento das demais pessoas, emoções reprimidas, endurecimento do instinto maternal (que pode resultar no abuso ou descuido dos filhos que a mulher ainda possa ter), fortes sentimentos de culpabilidade e até mesmo pensamentos de suicídio. Não se deixe enganar. Cada aborto provocado acarreta conseqüências emocionais graves.
UM ABORTO PROVOCADO MATA O BEBÊ.
Antes de você saber que está grávida, o coração do novo ser já terá começado a pulsar. Com seis semanas de desenvolvimento já é possível detectar ondas cerebrais e o bebê se move e responde ao tato. Com oito semanas, o bebê está perfeitamente desenvolvido, com os dedos das mãos e dos pés, e já apresenta as suas próprias impressões digitais.
Na décima semana, já pode franzir a testa, levar até a boca e chupar o seu dedo polegar. Se você tocar suavemente seu nariz, ele moverá a cabeça. Entre a décima – primeira e duodécima semana, todos os sistemas do seu corpo estão presentes e funcionando. Tudo o que necessitará, daqui para frente, para ser um recém-nascido saudável, é questão de tempo e nutrição. Nenhum órgão ou sistema se desenvolve mais, nele, depois de doze semanas.
O ABORTO É UMA VIOLÊNCIA.
O método de aborto mais comum em gravidez de poucas semanas é o de “sucção por aspiração”. O colo uterino é dilatado à força. Então um aspirador com uma potência 29 vezes maior que a de um aspirador doméstico é usado para sugar “o conteúdo do útero”.
O método chamado “D & E” é usado em gravidez de quinze semanas ou mais. Como no método de sucção, o bebê é cortado em pedaços. Neste caso, o “médico” usa um instrumento especial para separar os braços e as pernas do resto do corpo. Em seguida pressiona sua cabeça para sugar o cérebro e esmagar o crânio. Só então continua retirando o resto do corpo.
Outro método empregado para abortar, depois de 15 semanas, utiliza uma solução salina, injetada no saco amniótico, causando envenenamento ao bebê. Isto também queima a camada externa de sua pele. Por mais de uma hora o bebê entra em convulsão, até morrer nessa agonia. Agora a mãe já pode dar à luz um bebê martirizado… e morto.
Ao aborto praticado no último trimestre da gravidez denomina-se “histereoctomia”. Consiste em se fazer uma incisão no abdômen da mãe, para retirar o bebê do ventre materno e deixá-lo morrer por si mesmo.
O ABORTO EXPLORA A MULHER.
Os conselheiros das clínicas de aborto usam termos obscuros como “produto da concepção”, “conteúdo do útero”, “tecido fetal” etc., para referir-se ao bebê. Raramente aconselharão você a continuar com a gravidez, pois para eles o aborto é um negócio, cujo propósito é auferir lucros. Diríamos então que eles estão se aproveitando de seu problema, isto é, explorando-a, para ganhar dinheiro.
Quem ministra o aborto ganha mais dinheiro em 30 minutos do que durante os nove meses da mulher engravidada. Eles não pensam em você… Mas só no dinheiro que podem conseguir à sua custa.
HÁ ALTERNATIVAS PARA O ABORTO.
Existem muitas organizações que podem oferecer um apoio prático em caso de gravidez inesperada: oferecem, por exemplo, roupas para a mãe grávida e para o bebê que vai nascer, residência, cuidados pré-natais e ajuda econômica. Também oferecem conselheiras que podem ajudá-la durante esse período difícil.
Por favor, pense cuidadosamente em seu futuro. A decisão que você tomar agora vai afetá-la para todo o resto de sua vida. Se você não está segura ainda sobre a decisão de abortar, conceda a você mesma uns dias mais, e pense seriamente. Não permita que ninguém a pressione a tomar uma decisão demasiado rápida, para a qual não se sinta devidamente preparada.
Procure ajuda. Você não está sozinha. Há muita gente que pode e quer ajudá-la e vai dizer sempre a verdade que você precisa saber a respeito de aborto.
Esta é uma decisão muito difícil de fazer. Por favor, seja madura. Só uma pessoa imatura pensa unicamente em si mesma. Este folheto não foi escrito por nenhum militante de uma organização pró-vida, nem por una avozinha de sessenta anos que nunca enfrentou o problema de uma gravidez inesperada. Foi escrito por uma jovem mulher de dezoito anos, que também já ficou grávida. Uma mulher que tinha medo de enfrentar sua gravidez, como acontece com você agora, e que decidiu abortar.
Nove anos depois, inteiramente arrependida, agora entendo o que fiz e o que deveria ter feito. Por esta única razão, eu gostaria que você soubesse…
…O QUE ELES NÃO ME DISSERAM

Com informações Púlpito Cristão
Imagem: Reprodução

VEJA QUAIS DEPUTADOS EVANGÉLICOS VOTARAM A FAVOR DA PUNIÇÃO PARA JUÍZES E PROMOTORES

Da esquerda para a direita: Deputados João Campos, Marcelo Aguiar, Sóstenes Cavalcante, Irmão Lázaro e Arolde Oliveira. (Imagem: Guiame)


A votação do pacote das '10 Medidas Contra a Corrupção' (PL 4850/16) na Câmara, na madrugada da última quarta-feira (30), gerou diversos protestos pelo país, não apenas pela retirada de seis das propostas inicialmente apresentadas, mas também pela aprovação de uma emenda que limita a atuação de juízes e promotores do Ministério Público, sujeitando-os à responsabilização por "crimes de abuso de autoridade, com motivações político-partidárias".


Proposta pelo deputado Weverton Rocha (PDT - MA), a emenda controversa foi aprovada com 313 votos a favor, 132 contra e 5 abstenções.


A votação sobre a proposta acabou dividindo os posicionamentos dos deputados evangélicos, entre votos a favor, contra e ausências. Somente entre esse grupo de parlamentares, houve 48 votos a favor, 29 votos contra a emenda, além de uma abstenção e 18 ausências.
O deputado federal Roberto de Lucena (PV - SP) falou com exclusividade ao Guiame e afirmou que seu voto foi a favor das '10 Medidas Contra a Corrupção' e também contra a limitação da atuação de juízes e promotores.

"Votei a favor das 10 medidas de combate à Corrupção e contra a punição aos juizes e promotores. Votei contra o crime de responsabilidade para juízes e promotores porque era fora de contexto, inadequada", assegurou.

"Estamos exatamente em meio a importantes operações de investigação de crimes de corrupção, à exemplo da lava-a-jato, e o texto votado pode se tornar como espadas e facas contra a cabeça dos responsáveis por essas investigações", acrescentou.

Lucena também explicou que a emenda pode soar como uma forma de retaliação do legislativo ao Ministério Público e ao poder Judiciário, o que ele classificou como uma situação inadequada.

"Além disso, a proposta transparece 2 coisas (e não são, mas transparecem): uma retaliação do legislativo ao Ministério Público e ao judiciário ou uma preocupação corporativa. Não era adequada essa discussão e essa proposta no bojo das 10 medidas e exatamente nesse momento. Foi de mal tom e de mal gosto. E quanto a lava-a-jato, tem que ficar claro que ela não pertence ao Ministério Público, nem ao judiciário. Ela é da sociedade, do povo brasileiro!", afirmou.

Indignação
Pastor da Igreja Batista do Bacacheri, em Curitiba (PR), Luiz Roberto Silvado viu as '10 Medidas' ainda sendo formadas em suas raízes e até mesmo participou com sua opinião na criação do Pacote.

Procurado pela redação do Guiame, Silvado expressou sua indignação diante das diversas alterações feitas, o que ele chamou de "frieza" por parte dos parlamentares diante de um clamor popular tão genuíno.

"Infelizmente no frio da madrugada ficou clara a frieza dos nossos parlamentares com relação à opinião do povo. Mais de 2 milhões de assinaturas não foram suficientes para faze-los entender que o 'Brasil dos desmandos' acabou!", lamentou o pastor.

Quando questionado sobre a inclusão da medida proposta proposta pelo deputado Weverton (PDT), Silvado não hesitou em apontar que a proposta configura retaliação por parte do legislativo.

"Retaliação. Não existe outra maneira de classificar esta emenda. Ontem no plenário do Senado, enquanto o juiz Sérgio Moro estava presente, também ficou muito clara essa postura quando o senador do PT teve a oportunidade de falar na tribuna", destacou.

Pastor Silvado ainda destacou a importância de que o povo se manifeste efetivamente diante desta decisão da Câmara com relação ao Pacote das '10 Medidas Contra a Corrupção'.

"É por isto que a população mais uma vez precisa ir às ruas, pressionar seus "representantes" que decidiram representar a si mesmos", destacou.

Confira a lista completa dos deputados evangélicos que votaram a "Sim" (à favor da emenda), "Não" (contra a emenda), optaram pela abstenção ou se ausentaram:

SIM
Alan Rick (PRB- AC) Sim
Silas Câmara (PRB - AM) Sim
Hissa Abrahão (PDT - AM) Sim
Erivelton Santana (PEN - BA) Sim
Irmão Lazaro (PSC - BA) Sim
Márcio Marinho (PRB - BA) Sim
Tia Eron (PRB - BA) Sim
Cabo Sabino (PR - CE) Sim
Moses Rodrigues (PMDB - CE) Sim
Ronaldo Martins (PRB - CE) Sim
Sergio Vidigal (PDT - ES) Sim
João Campos (PRB - GO) Sim
Cleber Verde (PRB - MA) Sim
Leonardo Quintão (PMDB - MG) Sim
Marcelo Álvaro Antônio (PR - MG) Sim
Julia Marinho (PSC - PA) Sim
Edmar Arruda (PSD - PR) Sim
Hidekazu Takayama (PSC - PR) Sim
Altineu Cortes (PMDB - RJ) Sim
Arolde de Oliveira (PSC - RJ) Sim
Aureo (Solidariedade - RJ) Sim
Benedita da Silva (PT-RJ) Sim
Clarissa Garotinho (PR-RJ) Sim
Fabiano Horta (PT - RJ) Sim
Francisco Floriano (DEM - RJ) Sim
Rosangela Gomes (PRB - RJ) Sim
Roberto Sales (PRB - RJ) Sim
Sóstenes Cavalcante (DEM - RJ) Sim
Antônio Jácome (PTN - RN) Sim
Carlos Gomes (PRB - RS) Sim
Luis Carlos Heinze (PP - RS) Sim
Lindomar (Garçon) Barbosa Alves - (PRB - RO) Sim
Lúcio Mosquini (PMDB - RO) Sim
Nilton Capixaba (PTB - RO) Sim
Jhonatan de Jesus (PRB - RR) Sim
Antônio Bulhões (PRB - SP) Sim
Gilberto Nascimento (PSC - SP) Sim
Jefferson Campos (PSD - SP) Sim
Jorge Tadeu Mudalen (DEM - SP) Sim
[Miss.] José Olímpio (DEM - SP) Sim
Marcelo Aguiar (Suplente em exercício) (DEM - SP) Sim
Paulo Freire (PR-SP) Sim
Roberto Alves (PRB - SP) Sim
Vinicius Carvalho (PRB - SP) Sim
Pastor Jony Marcos (PRB - SE) Sim
César Halum (PRB - TO) Sim
Aguinaldo Ribeiro (PP - PB) Sim
André Abdon (PP - AP) Sim


NÃO
JHC (João Henrique Caldas) (PSB - AL) Não
Ronaldo Fonseca (PROS - DF) Não
Carlos Manato (SD - ES) Não
Max [Freitas Mauro] Filho (PSDB - ES) Não
Fábio Sousa (PSDB - GO) Não 
Eliziane Gama (PPS - MA) Não
Weliton Prado (PMB - MG) Não
Josué Bengtson (PTB - PA) Não
Rômulo Gouveia (PSD - PB) Não
Christiane Yared (PR - PR) Não
Fernando Francischini (Partido da Solidariedade-PR) Não
Marcelo Belinati (PP - PR) Não
Sandro Alex (PSD - PR) Não
Toninho Wandscheer (PROS - PR) Não
Pastor Eurico (PSB-PE) Não
Alexandre Serfiotis (PMDB - RJ) Não
Cabo Daciolo (PTdoB - RJ) Não
Ezequiel Teixeira (PTN - RJ) Não
João Ferreira Neto [Dr. João] (PR - RJ) Não
Walney Rocha (PEN - RJ) Não
Onyx Lorenzoni (DEM - RS) Não
João Derly (REDE - RS) Não
Marcos Rogério (DEM - RO) Não
Carlos Andrade (PHS - RR) Não
Geovania de Sá (PSDB - SC) Não
Bruna Furlan (PSDB - SP) Não
Edinho Araújo (PMDB - SP) Não
Luiz Lauro Filho (PSB - SP) Não
Roberto de Lucena (PV - SP) Não

ABSTENÇÃO
Luiz Cláudio (PR - RO) Abstenção


AUSENTE
Sérgio Brito (PSD - BA) Ausente
Pastor Luciano Braga (Suplente em exercício) (DEM - BA) - Ausente
Victório Galli Filho (PSC-MT) Ausente
Brunny / Brunniele Ferreira Gomes (PR - MG) Ausente
George Hilton (PROS - MG) Ausente
Lincoln Portela (PRB - MG) Ausente
Stefano Aguiar (PSD - MG) Ausente
Rejane Dias (PT-PI) Ausente
Anderson Ferreira (PR - PE) Ausente
Chico Alencar (PSOL - RJ) Ausente
Marcos Soares (DEM - RJ) Ausente
Marquinho Mendes (PMDB - RJ) - Ausente
Washington Reis (PMDB - RJ) Ausente
Ronaldo Nogueira (PTB - RS) Ausente
Shéridan Oliveira (PSDB - RR) Ausente
Pr. Marco Feliciano (PSC - SP) Ausente
Laércio Oliveira (SD - SE) Ausente
Shéridan Oliveira (PSDB - RR) Ausente

Nem todos os deputados listados acima estão filiados à Frente Parlamentar Evangélica. Esses dados foram coletados dos sites 'Metodista.br', 'Camara.leg.br' e 'Veja.com'.


***
Por João Neto e Luana no Guiame

domingo, 27 de novembro de 2016

Crime bárbaro choca população de Carbonita, no Vale do Jequitinhonha


O crime teria acontecido após as vítimas participarem de uma festa de inauguração de um ginásio poliesportivo na noite de ontem (26). O homem socorrido com vida tocaria sanfona em uma missa sertaneja, mas como estava demorando a chegar, moradores do distrito resolveram ir até a residência dele. Ao chegarem ao imóvel, os vizinhos encontraram muito sangue e perceberam que o autor do crime teria destampado a fossa e jogado os moradores lá dentro.
Profissionais do setor de saúde municipal, Polícia Militar e Polícia Civil se deslocaram para a casa das vítimas, localizada na zona rural. No local encontraram os dois corpos [de Lourdes e Vanessa, mãe e filha] e um homem [prenome Luiz] ainda com vida dentro do buraco utilizado para armazenamento de esgoto sanitário.
Um morador do município informou ao Aconteceu no Vale que uma criança de onze anos teria presenciado o assassinato da avó e da mãe dela e relatado que o autor das agressões seria o seu pai. O criminoso também é suspeito de abusar sexualmente da menina testemunha dos homicídios. Segundo informações, a família estava sendo acompanhada pelo Conselho Tutelar de Carbonita devido a suspeita de estupro.
O Aconteceu no Vale também recebeu informações dando conta de que o autor do crime teria retornado de São Paulo recentemente e por motivos ainda desconhecidos, se desentendeu com os familiares e resolveu matá-los. A Polícia Militar ainda não confirmou se o homem foi preso.
Crime bárbaro choca população de Carbonita (Foto: Divulgação/Página da PM de Carbonita)
Fonte: Aconteceu no Vale

Campeonato de Bairros 2016 - Seleção campeonato de bairros

Foto: Dedê Machado
Foto: Dedê Machado

Como gosto muito de futebol e acompanho desde as primeiras edições do campeonato de bairros, esse ano resolvi acompanhar mais de perto e ao final do campeonato montar uma seleção dos melhores jogadores que vi em campo. Assisti jogos de todas as equipes que participaram do campeonato, alguns times acompanhei mais de perto e outros vi poucos jogos mas acredito que foi suficiente para escalar esses jogadores para formarem a seleção do campeonato:


Goleiro - Doinha - Saudade
Lateral direito - Mateus - Saudade
Zagueiro - Serginho - Saudade
Zagueiro - Pretinho - Mangas
Lateral esquerdo - Nado - Cerrado
Meio campo -Zé Catela - Saudade
Meio campo - Paulinho - Buriti
Meio campo - Vaguim - Buriti
Atacante - Luiz Guilherme-Buriti
Atacante - Tchô-Tchô - Saudade
Atacante - Leandro - Buriti
Técnico - Zé Batatinha - Buriti


sábado, 26 de novembro de 2016

Caminhoneiro morre em acidente na zona rural de Turmalina



Uma guarnição policial do 2º Pelotão de Polícia Militar Rodoviária de Capelinha compareceu ao local do capotamento do veículo que estava carregado com carvão vegetal. Uma equipe do 4º Pelotão de Polícia Militar de Meio Ambiente de Minas Novas também foi acionada, já que havia indício de irregularidade na documentação ambiental da carga.
As causas do acidente ainda não foram divulgadas. A Perícia Técnica da Polícia Civil foi acionada para os trabalhos de praxe.
Acidente aconteceu no km 89 da LMG-677 município de Turmalina (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

Acidente aconteceu no km 89 da LMG-677 município de Turmalina (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

Fonte:Aconteceu no Vale

Campeonato de Bairros 2016 - Buriti dá um baile na Saudade e conquista o título do Campeonato de Bairros


Aconteceu nesse sábado um grande jogo que bateu o recorde de público do campeonato de bairros, segundo informação do presidente da liga: Aguinaldo Froes.
Como havia vencido o primeiro jogo e dependia apenas de uma empate, a Saudade entrou com o regulamento debaixo do braço e nos minutos iniciais saiu na frente com gol de Zé Catela.Ainda no primeiro tempo o que se viu foi um Buriti que jogava com muita raça e técnica; foram várias  chances criadas e bem defendidas pelo goleiro Doinha que no primeiro tempo salvou a Saudade em no mínimo três oportunidades. O Buriti não desistiu e no final do primeiro tempo chegou ao empate com Luiz Guilherme.
No segundo tempo o que se viu foi uma repetição do primeiro tempo, valente e muito rápida a equipe do Buriti partiu pra cima e conseguiu marcar mais dois gols com Luiz Guilherme, Paulinho fechou a conta e a torcida animada do Buriti pôde soltar o grito de bicampeão.
A Saudade que sempre se destacou por jogar no contra - ataque hoje não foi feliz e viu a equipe com o melhor ataque e melhor defesa fazer uma grande exibição e conquistar o título do Campeonato de Bairros 2016.

Jogadores eleitos como destaques:
Artilheiro: Leandro - Buriti
Goleiro menos vazado - Ramon
Revelação: Tchô - Tchô - Saudade
Melhor técnico: Zé Batatinha - Buriti
Melhor jogador: Leandro - Buriti


Um fato que deve ser registrado é a presença do público que mesmo com ingresso com valor mais alto que nos últimos campeonatos lotou a arena Didizão;foi formada uma grande fila para que os torcedores entrassem no estádio e muitos torcedores perderam o inicio da partida-uma desorganização lamentável.


domingo, 20 de novembro de 2016

Campeonato de Bairros 2016 - Saudade vence Buriti e sai na frente em busca do título


O primeiro jogo da  grande final do Campeonato de bairros 2016 aconteceu na noite de ontem na arena Didizão.Foi um grande jogo com grande presença de público nas arquibancadas da arena Didizão.
No inicio do primeiro tempo o Buriti controlou bem o jogo, mas a Saudade saiu na frente quando a cobrança de falta feita pelo zagueiro Serginho encontrou a cabeça de Gustavo(Farolzinho);o atacante estava  afim de jogo e marcou o segundo ainda no primeiro tempo. O Buriti descontou marcando seu primeiro gol antes do intervalo e a Saudade saiu com a vantagem para o vestiário.
No segundo tempo o Buriti atacou bastante a zaga da Saudade,fato que não alterou o placar. Quem mais uma vez marcou foi a Saudade com o bom jogador Zé Catela.O Buriti diminuiu quando Doinha cometeu pênalti e Leandro converteu.

Com o placar de 3 a 2 para a Saudade , o Buriti joga por uma vitória simples para conquistar o bi campeonato , já  a Saudade conquistará o tetra campeonato se vencer ou empatar o segundo jogo.